Tudo Sobre Verdade Um mar claro ao redor de falésias altas - Tudo Sobre Verdade Bandeira

Septuaginta

(Read Septuaginta, Part 1 First)

Septuaginta – É uma tradução confiável?
Já que a Septuaginta é uma tradução, estudiosos se perguntam se ela reflete corretamente as escrituras hebraicas do segundo século DC. Um exame atento da Septuaginta e do Texto Massorético (o texto hebraico mais antigo do Antigo Testamento) mostram pequenas variações. Foram essas erros na tradução, ou são a Septuaginta e o Texto Massorético baseados em manuscritos hebraicos ligeiramente diferentes? A descoberta dos Manuscritos do Mar Morto ajudou a responder esta questão. Descobertos em 1947 na região de Qumran perto do Mar Morto, estes pergaminhos são datados de cerca de 200 AC e contêm partes de cada livro do Antigo Testamento, exceto Ester. As comparações entre os Manuscritos do Mar Morto, o Texto Massorético e a Septuaginta mostram que onde há diferenças entre o Texto Massorético e a Septuaginta, cerca de 95% delas são compartilhadas entre os Pergaminhos do Mar Morto e o Texto Massorético, enquanto apenas 5% dessas diferenças são compartilhadas entre os Pergaminhos do Mar Morto e a Septuaginta.

Significa isso que a Septuaginta não é confiável e que o nosso Antigo Testamento foi feito com fontes contraditórias? Não. É de grande importância notar que estas “variações” são extremamente pequenas (isto é, erros gramaticais, diferença na ortografia ou palavras ausentes) e não afetam o significado de frases e parágrafos. (Uma exceção é o livro de Jeremias, em que as passagens reais são organizadas de forma diferente.) Nenhuma das diferenças, no entanto, chegam perto de afetar qualquer área de ensino ou doutrina. A maioria da Septuaginta, Texto Massorético e os Pergaminhos do Mar Morto são muito semelhantes e têm dissipado as teorias infundadas de que o texto bíblico foi corrompido pelo tempo ou por uma conspiração. Além disso, essas variações não colocam em questão a infalibilidade de Deus na preservação de Sua palavra. Embora os documentos originais sejam inerrantes, os tradutores e escribas são seres humanos e são, portanto, propensos a cometerem pequenos erros na tradução e cópia (regras hebraicas para os escribas atestam quão exatos eles eram). Mesmo assim, a Bíblia tem redundância como parte do seu texto, e qualquer coisa significativa é repetida mais de uma vez. Se os erros gramaticais fazem um ponto um pouco obscuro, esse ponto seria esclarecido em vários outros lugares nas Escrituras.


Septuaginta – Evidência dramática da credibilidade da profecia Messiânica
A Septuaginta e os Pergaminhos do Mar Morto estabelecem uma evidência muito dramática do Cristianismo - que as profecias do Antigo Testamento sobre a vinda do Messias sem dúvida predisseram o momento em que Jesus Cristo andou pela terra. Todas as teorias da conspiração do século 1 DC e da manipulação da profecia são descartadas quando percebemos que escrituras proféticas (como Isaías 53 e Salmo 22 e muitas outras) foram fixadas na forma escrita pelo menos 100 anos antes de Cristo. Novamente, apesar do tempo, da perseguição e dos pequenos erros por parte dos escribas, a Septuaginta é apenas mais um exemplo de como o texto bíblico se manteve fiel à sua mensagem e tema. A Bíblia Sagrada é verdadeiramente uma carta de Deus divinamente inspirada e preservada, merecedora de nosso tempo e atenção.

“Seca-se a erva, e cai a flor, porém a palavra de nosso Deus subsiste eternamente.” (Isaías 40:8)

Aprenda mais agora!



O que você acha?
Todos nós pecamos e merecemos o julgamento de Deus. Deus, Pai enviou o Seu único Filho para satisfazer o julgamento por aqueles que creem nEle. Jesus, o Criador e eterno Filho de Deus, viveu uma vida sem pecado e nos ama tanto que morreu pelos nossos pecados, tomando sobre Si o castigo que nós merecemos, foi enterrado, e ressuscitou dos mortos, de acordo com a Bíblia. Se você realmente crê e confia nisso de coração, e escolher receber a Jesus como o seu único Salvador, declarando, "Jesus é o Senhor", você será salvo do julgamento e passará a eternidade com Deus no céu.

Qual a sua resposta?

Sim, eu quero seguir Jesus

Eu já sou um seguidor de Jesus

Ainda tenho dúvidas





Como posso conhecer a Deus?




Se você morresse, por que Deus deveria deixar você entrar no céu?


Direito Autoral © 2002-2020 AllAboutTruth.org, Todos os Direitos Reservados